Veículos interceptados em Itatinga seriam vendidos criminosamente na Colômbia

A equipe do (TOR) Tático Ostensivo Rodoviário evitou que dois veículos alugados irregularmente fossem repassados de maneira criminosa, na fronteira do Brasil com a Colômbia. A abordagem dos policiais ocorreu na madrugada desta quinta-feira, dia 03, na praça de pedágio de Itatinga, na Rodovia Castelo Branco.   Os policiais desconfiaram das informações desencontradas dadas pelos motoristas dos dois veículos, que segundo as autoridades perceberam algo errado quando perceberam que os veículos estavam trafegando como se fosse um comboio. O primeiro motorista dirigia um GM/Tracker, e disse que alugou o carro e que pretendia ir até a cidade de Corumbá-MS para passar o final de semana prolongado. Ele também adiantou que o condutor do outro veículo, um MBenz/C180, era amigo e iria com ele para a mesma cidade. Sobre o contrato de locação do automóvel o condutor apresentou uma foto do contrato, armazenada no aplicativo de conversas WhatsApp, porém o nome que constava no documento não batia com o

Após dizer que era bonita mulher tem dentes arrancados e cabelos cortados

Após dizer que era bonita mulher tem dentes arrancados e cabelos cortados


Após dizer que se considerava a mais bonita da rua, uma mulher foi mantida em cárcere privado, teve os dentes arrancados e cabelos cortados em Piracicaba.

A vítima explicou à Guarda Municipal que estava morando junto com o agressor há cerca de um mês e que, durante a madrugada de domingo (23), foi puxada pelos cabelos para dentro da casa e espancada. Além disso, foi obrigada a ficar dentro do imóvel por nove nove horas, sofrendo diversos tipos de agressões.

O rapaz foi preso em flagrante sob acusação de agressão, ameaça e cárcere privado. No resgate, a Guarda Municipal constatou que, além de cortar o cabelo, quebrou dois dentes da vítima, indo além, fez ameaças de mortes contra ela no momento da detenção.

O agente que atendeu a ocorrência, explica que recebeu denúncia sobre o caso e constatou através de um buraco na parede a violência,  presenciando ameaças com uma faca contra a vítima. Comprovando ainda que a mulher estava sendo impedida de sair do local.

Os guardas acabaram intervindo naquela situação, abordaram o homem e garantiram que a vítima saísse do imóvel. Os agentes relatam que ela estava com o nariz sangrando, apresentava hematomas pelo corpo, dentes faltando e cabelo picotado.

Assim que saiu do imóvel a vítima relatou aos agentes da Guarda Municipal que foi obrigada  a manter manter relação sexual, sob ameaças.


Ela foi encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Vila Cristina, onde foi atendida e em seguida recebeu alta.

O agressor admitiu os crimes e afirmou aos agentes que sabia que seria preso, e deixou claro que quando saísse da cadeia iria assassinar a vítima.

O suspeito foi preso por violência doméstica, lesão corporal de natureza grave e cárcere privado. Durante a elaboração do B.O (Boletim de Ocorrência) foi constatado que o mesmo já possuía passagens pela polícia por diversos outros crimes, inclusive lesão corporal.


Os crimes de estupro e tortura, apesar de citados nos autos deverão ser apurados e investigados  e caso sejam comprovados o agressor poderá responder também por esses crimes na Justiça.

A mulher disse aos policiais que essa seria a terceira vez que foi agredida pelo companheiro, e que não o denunciou antes por conta de sucessivas ameaças de morte.

Leia Também






Comentários