Mulher envia maconha e k4 para o irmão preso na Penitenciária de Avanhandava

Agentes da Penitenciária “Valdic Junio Alves Primo” de Avanhandava apreenderam, na manhã desta quarta-feira (26), drogas escondidas em fundo falso de um pote de margarina. A encomenda teria sido enviada à unidade pela irmã de um preso. Durante vistoria realizada na presença do destinatário, a equipe localizou duas porções de maconha, pesando cerca de 16 gramas no total, e 550 pedaços de papel contendo k4, a maconha sintética. CONFESSOU Questionado pelos servidores, o detento confirmou que havia encomendado os entorpecentes com a sua irmã, que é devidamente cadastrada no rol de visitas do estabelecimento penal. A direção da Penitenciária de Avanhandava registrou boletim de ocorrência e instaurou procedimento interno para apurar o caso.

Botucatu prossegue a vacinação em massa no sábado, 22

Botucatu prossegue a vacinação em massa no sábado, 22
Foto-Jefferson Farias


No sábado, 22, a Prefeitura de Botucatu dará continuidade à vacinação em massa iniciada no último domingo, 16, imunizando moradores da Cidade que não compareceram à etapa inicial, e que preencheram o formulário que ficou disponível no site da Administração Municipal até a última terça-feira, 18.

Os 8.549 cidadãos que preencheram o formulário já receberam ou ainda receberão um SMS (mensagem de texto) ou e-mail com informações sobre o local onde serão vacinados e o horário.

A vacinação ocorrerá das 8 às 17 horas, e se dividirá entre dois locais: Ginásio Paralímpico, ao lado do Ginásio Municipal de Esportes, no Bairro Alto, e Complexo Esportivo Heróis do Araguaia, no Jardim Iolanda. Os moradores deverão levar os seguintes documentos:

- documento de identificação original com foto (RG/Passaporte,CNH ou Carteira de Trabalho);
- comprovante de endereço;
- declaração de residência.

Pessoas que não preencheram o formulário não deverão se dirigir a estes locais no sábado, 22.

Durante o Dia D da Vacinação em massa, foram vacinados 66.730 pessoas em Botucatu.

Ficaram para essa segunda etapa cidadãos que estiveram ausentes da cidade no Dia D ou que trabalharam durante todo o dia; que receberam a vacina H1N1 há menos de 15 dias; que tiveram Covid-19 confirmada há menos de 30 dias; ou que estiveram cumprindo quarentena na data da vacinação em massa.

A vacinação em massa em Botucatu faz parte do projeto de estudo da vacina produzida pelo laboratório Astrazeneca, Universidade de Oxford e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), elaborado pela parceria entre a Prefeitura, Ministério da Saúde, Governo Federal, Unesp, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, e Fundação Gates.

Todo o processo de cadastro e vacinação em Botucatu tem o acompanhamento e auditoria realizadas pelas Forças de Segurança do Município (Guarda Civil Municipal, Polícia Civil e Polícia Militar), OAB Botucatu, Justiça Eleitoral, Ministério Público e Tribunal de Justiça de São Paulo.

Comentários