Mulher envia maconha e k4 para o irmão preso na Penitenciária de Avanhandava

Agentes da Penitenciária “Valdic Junio Alves Primo” de Avanhandava apreenderam, na manhã desta quarta-feira (26), drogas escondidas em fundo falso de um pote de margarina. A encomenda teria sido enviada à unidade pela irmã de um preso. Durante vistoria realizada na presença do destinatário, a equipe localizou duas porções de maconha, pesando cerca de 16 gramas no total, e 550 pedaços de papel contendo k4, a maconha sintética. CONFESSOU Questionado pelos servidores, o detento confirmou que havia encomendado os entorpecentes com a sua irmã, que é devidamente cadastrada no rol de visitas do estabelecimento penal. A direção da Penitenciária de Avanhandava registrou boletim de ocorrência e instaurou procedimento interno para apurar o caso.

2.500 voluntários apoiarão na vacinação em massa em Botucatu

2.500 voluntários apoiarão na vacinação em massa em Botucatu

A Prefeitura de Botucatu e a Justiça Eleitoral estão organizando um verdadeiro exército de voluntários para a realização da vacinação em massa no Município, que acontece neste domingo, 16.

Do contingente de voluntários, 1.300 são profissionais da Secretaria Municipal de Saúde, 400 são servidores das demais secretarias da Prefeitura e voluntários da sociedade civil, e cerca de 800 cidadãos botucatuenses que já atuam nas eleições do Cartório eleitoral.

Todos os voluntários irão participar de treinamentos, com orientações que vão desde o acolhimento do cidadão no posto de vacinação, verificação de documentos, preenchimento de formulários, orientação de local e a vacinação propriamente.

Todos os participantes da vacinação em massa se inscreveram voluntariamente para este momento histórico do Município.

A vacinação em massa dos botucatuenses faz parte de um projeto de estudo da vacina produzida pelo laboratório Astrazeneca, Universidade de Oxford e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), elaborado pela parceria entre a Prefeitura, Ministério da Saúde, Governo Federal, Unesp, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, e Fundação Gates.

Comentários