Polo Cuesta ampliará interesses em comum dos municípios

Consórcio Polo Cuesta, antes apenas dedicado ao Turismo, passará a ser multifinalitário e com foco ainda maior no desenvolvimento regional essa decisão foi tomada em assembleia realizada nesta sexta-feira (15), no auditório Cyro Pires da Prefeitura de Botucatu, quando membros aprovaram a mudança de finalidade do consórcio. Até então, o consórcio era unifinalitário, ou seja, atendia exclusivamente a um único interesse: no caso, o turístico. Com a mudança para consórcio multifinalitário, todos os municípios envolvidos poderão atuar juntos em diferentes áreas de interesse comum. “Acreditamos que essa mudança irá atender melhor aos interesses das cidades, ajudando as administrações municipais a tratarem de forma mais efetiva os desafios em comum de todos. Seja no meio ambiente, na saúde, na infraestrutura e outras áreas, nas quais serão criadas câmaras técnicas. Isso não quer dizer que o turismo será deixado de lado. Pelo contrário. Pensar o desenvolvimento regional fortalecerá ainda mais

Feira de artesanato do Jequitinhonha será levada para o ambiente virtual



 A Feira de artesanato do Jequitinhonha foi levada para o ambiente virtual pois devido à pandemia, ela precisou ser cancelada em 2020 para seguir as recomendações do Ministério da Saúde e das autoridades de saúde de Minas Gerais e de Belo Horizonte.

A perspectiva é que a Feira de Artesanato do Vale do Jequitinhonha volte ao padrão anterior ao adotado atualmente (durante a pandemia) no segundo semestre de 2021, caso as condições sanitárias permitam.

Nesse cenário, visando diminuir os impactos econômicos sobre a vida dos artesãos, a coordenação do programa desenvolveu uma mostra virtual e a série Tutorial polo de internet para artesanato, com pílulas em vídeo, para capacitar artesãos de 30 municípios e 45 associações do Vale em vendas on-line de produtos.

No site do Polo Jequitinhonha, é possível encontrar informações mas completas sobre o projeto.

A Feira de Artesanato do Vale Jequitinhonha, ocorre desde o ano 2000 no campus Pampulha, e faz parte do Programa Polo de Integração da UFMG no Vale do Jequitinhonha, vinculado à Diretoria de Ação Cultural (DAC), e completa 25 anos em 2021. Ao longo desse período, desenvolveu mais de 120 ações de ensino, pesquisa e extensão com a população da região.

Comentários