Abertura dos Jogos Regionais de Botucatu acontece hoje no Ginásio Mário Covas


A abertura dos Jogos Regionais de Botucatu acontece hoje, a partir das 19 horas, no Ginásio Municipal Mário Covas e contará com ampla agenda de atividades, além de homenagens a atletas e incentivadores dos esportes na cidade.

O evento que acontece até o dia 27 de julho, contará com a participarão de 42 municípios, cujas equipes disputarão 23 modalidades: Atletismo, Badminton, Basquete, Biribol, Bocha, Capoeira, Ciclismo, Damas, Futebol, Futsal, Ginástica Artística, Ginástica Rítmica, Handebol, Judô, Karatê, Malha, Natação, Tae-kwon-do, Tênis, Tênis de Mesa, Voleibol, Vôlei de Praia e Xadrez.

A abertura da 63ª edição da competição, contará com apresentações artísticas a partir das 19 horas, como show do grupo de samba e pagode botucatuense, Aikitá. A banda terá a responsabilidade de recepcionar atletas e público, nos primeiros momentos da solenidade. 

Em seguida é a Banda Marcial da Afrape, que abrirá o evento solene. A premiada banda ainda carrega a empolgação da conquista do prêmio do IV Concurso de Bandas e Fanfarras na cidade de Santos, disputada no último dia 7 e promete um show inesquecível.

O hino nacional será desenvolvido pelos músicos botucatuenses, Claudio Lacerda e Osni Ribeiro, no ritmo da tradição botucatuense e da música raiz.

A apresentação de Ginástica Rítmica, com os alunos da escolinha de Ginástica Rítmica da Prefeitura de Botucatu, é uma das mais aguardadas da noite de abertura. 

O grupo vai trabalhar uma coreografia que representa as modalidades disputadas este ano.
A solenidade de abertura será encerrada pela bateria Ocorocome.

Nadadora Carla Arruda acenderá a pira dos Jogos 


A atleta Carla Barbosa de Arruda foi a escolhida para acender a pira do 63º Jogos Regionais em Botucatu. Carla é a maior medalhista do Município, na história da competição, e carregará a tocha durante a abertura.

Ao todo a nadadora conquistou 102 medalhas, nos Jogos Regionais e também nos Jogos Abertos, representando a Cidade.

Carla Arruda conquistou recordes paulistas, brasileiros e sul americanos nas piscinas. Em 2000, a atleta integrou a seleção brasileira em etapa da Copa do Mundo de Natação.

Disputando com nomes como Fabíola Molina, Gustavo Borges e Fernando Scherer, e alcançou a sétima colocação da competição.

Nos Jogos Regionais que aconteceu em 1996 em Botucatu, a nadadora conquistou  7 medalhas de ouro. 

A emoção estará presente em importantes homenagens

A homenagem a importantes personalidades do esporte botucatuense não se resumirá a atleta Carla Arruda. Outros atletas e educadores botucatuenses também serão homenageados.

Entre eles o ex-jogador e atual treinador de voleibol, Marcos Almeida Esteves, o Kalé, atleta que tem em seu currículo 22 títulos de Jogos Regionais. Além disso o atleta tem extensa carreira no Japão, onde defendeu a seleção nipônica. 

Na Terra do Sol Nascente foi tricampeão japonês, campeão asiático e participou da preparação do Japão para as Olimpíadas de 2004 e 2008.

Antes do reconhecimento dos orientais Kalé defendeu a seleção brasileira de voleibol, no início dos anos 2000.

Como prêmios individuais, o atleta recebeu por duas vezes o título de melhor recepção da Superliga, três vezes pelo campeonato japonês e uma vez pelo campeonato sul-americano, além de ter sido eleito MVP, melhor jogador, do campeonato asiático de seleções em 2005.

O reconhecimento aos educadores/atletas


Também serão homenageados dois professores da cidade, Osni Bertotti  e José Varoli.
Osni Bertotti, será homenageado entre os dirigentes que trabalharam durante os Jogos. Osni tem 74 anos e foi professor de educação física no Município entre os anos de 1965 a 1972. Em seguida foi diretor escolar até o ano de 1997.

Osni treinou com João do Pulo e outros atletas consagrados, recebendo capacitação que o tornaram especialista em atletismo. Bertotti foi técnico da equipe de Botucatu por mais de 30 anos.

Osni Bertotti, foi um dos condutores da Tocha Olímpica, em 2016 no momento em que ela passou por Botucatu, rumo ao Rio de Janeiro, sede da competição.

Outro professor homenageado será José Varoli, famoso ex-goleiro das épocas áureas do futebol botucatuense, quando representou as associações atléticas Ferroviária e Botucatuense.

A homenagem a Varoli se deve aos 10 Jogos Regionais consecutivos em que coordenou a arbitragem do futebol masculino.

 Além disso ele é bastante conhecido nos campos de várzea de todo o interior de São Paulo. Durante anos atuou ainda como professor de educação física nas escolas Cardoso de Almeida, EECA, Dom Lúcio, Cevila, Martinho Nogueira e Pedretti.

Além do esporte, Varoli também desenvolveu carreira política atuando como vereador da Cidade por três mandatos e como Secretário de Esportes, na gestão do ex-prefeito Lico Silveira.

Comentários

Essas valem a pena #TOPTUDO

Pedreira de Laranjal Paulista: área antes degradada agora é uma das maravilhas da região

Acidente aéreo de 1938 em Laranjal Paulista deixou São Paulo em luto

Palestra abordará os mistérios das Três Pedras e do Frei Fidélis em Botucatu