Proprietários de spitz alemão, precisamos falar sobre a pelagem de seu pet



Você é proprietário de Spitz Alemão, então sabe que a manutenção da pelagem é, sem dúvida nenhuma, um assunto que você precisa conhecer. 

Este simpático cãozinho originário do leste europeu tem pelagem dupla, ou seja, tem pelo e sub-pelo, como proteção natural devido a temperaturas extremamente baixas.

Sabendo disso, agora falaremos especificamente sobre o manuseio e a manutenção dessa pelagem linda que todo o Spitz apresenta.

Uma das recomendações mais importantes é nunca usar rasqueadeira para a escovação, ela é prejudicial pois arranca o sub pelo. Isso sem dúvida causa danos extensos na beleza da pelagem. O correto para essa raça é usar somente Escova de Pinos sem bolinha na ponta.

É importante saber que o sub-pelo do spitz é bastante delicado e além das funções de isolamento contra, frio ou calor ele tem a função de sustentar o pelo armado. Somente assim que todo esse casaco cumpre sua função.

É fundamental ter em mente que relaxar essa pelagem com produtos inadequados, rasqueadeira e manejo errado causa grandes danos a pele e ao pelo.

Outra recomendação é nunca tosar o Spitz na máquina. Esse segmento de tosa também é responsável por remover parte do sub-pelo. Portanto, é fácil concluir que esse procedimento é extremante prejudicial para a saúde da pelagem do animal de estimação.

Geralmente animais que são tosados dessa maneira, utilizando a máquina, acabam desenvolvendo alopecias. Explicando melhor, essa doença faz com que o pelo leve até 3 anos para começar a crescer novamente. Isso ocorre devido às lesões micro dérmicas causadas no folículo piloso.

______________________________________________________

Por: Suzana Lourençon Goldoni 

Best Groomer Ezze, certificada. Proprietária do Pet-Shop e da escola Latidos e Miados, de Botucatu.
Tel: (14) 3815 - 2219 ou  (14) 99784-8265

Comentários

Essas valem a pena #TOPTUDO

Pedreira de Laranjal Paulista: área antes degradada agora é uma das maravilhas da região

Acidente aéreo de 1938 em Laranjal Paulista deixou São Paulo em luto

Palestra abordará os mistérios das Três Pedras e do Frei Fidélis em Botucatu