Polo Cuesta ampliará interesses em comum dos municípios

Consórcio Polo Cuesta, antes apenas dedicado ao Turismo, passará a ser multifinalitário e com foco ainda maior no desenvolvimento regional essa decisão foi tomada em assembleia realizada nesta sexta-feira (15), no auditório Cyro Pires da Prefeitura de Botucatu, quando membros aprovaram a mudança de finalidade do consórcio. Até então, o consórcio era unifinalitário, ou seja, atendia exclusivamente a um único interesse: no caso, o turístico. Com a mudança para consórcio multifinalitário, todos os municípios envolvidos poderão atuar juntos em diferentes áreas de interesse comum. “Acreditamos que essa mudança irá atender melhor aos interesses das cidades, ajudando as administrações municipais a tratarem de forma mais efetiva os desafios em comum de todos. Seja no meio ambiente, na saúde, na infraestrutura e outras áreas, nas quais serão criadas câmaras técnicas. Isso não quer dizer que o turismo será deixado de lado. Pelo contrário. Pensar o desenvolvimento regional fortalecerá ainda mais

Chocolate especial combate os sintomas da TPM





O combate aos sintomas da TPM (tensão pré-menstrual) ganha um importante aliado o chocolate. Mas não estamos falando de qualquer chocolate, trata-se do resultado de pesquisas da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA) da USP, em Pirassununga.

Os pesquisadores usaram técnicas de microencapsulação, para desenvolver um  tipo de chocolate funcional com substâncias bioativas do fruto do Vitex.

O Vitex é do mediterrâneo,  e a tecnologia de microencapsulação neutralizou o amargor e a picancia do fruto.

Caso a técnica não fosse aplicada o chocolate poderia desagradar o paladar dos consumidores.

O produto já existe, e com patente requerida  no Instituto Nacional da Propriedade Industrial, sob o número BR 1020186974.

Até o momento não foram feitos estudos clínicos para comprovar os efeitos fitoterápicos do chocolate. Porém, como produto alimentício o produto passou fácil pelo crivo de 120 mulheres.

As voluntárias avaliaram aspectos como sabor, aparência, textura e aroma e não reclamaram de nada, muito pelo contrário.

O interessante é que o chocolate foi combinado com um fruto cujo uso popular já soma mais de 2.000 anos.

Trabalhos científicos atuais, já comprovaram a eficiência do fruto maduro e seco do Vitex, no tratamento dos sintomas da TPM, síndrome que acomete 80% das mulheres em idade reprodutiva.

Para se ter ideia, atualmente, nos Estados Unidos e em países da Europa, o extrato vem sendo comercializado em forma de tintura ou cápsulas.

Vale lembrar que o fruto também tem boa inserção na área gastronômica por apresentar aroma e sabor parecido ao da pimenta-do-reino.

Para conhecer detalhes dessa pesquisa recomendamos o acesso ao site Chocolate incorpora fruto usado popularmente para amenizar TPM , no Jornal da USP.


Entenda o processo



Comentários