Chocolate especial combate os sintomas da TPM





O combate aos sintomas da TPM (tensão pré-menstrual) ganha um importante aliado o chocolate. Mas não estamos falando de qualquer chocolate, trata-se do resultado de pesquisas da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA) da USP, em Pirassununga.

Os pesquisadores usaram técnicas de microencapsulação, para desenvolver um  tipo de chocolate funcional com substâncias bioativas do fruto do Vitex.

O Vitex é do mediterrâneo,  e a tecnologia de microencapsulação neutralizou o amargor e a picancia do fruto.

Caso a técnica não fosse aplicada o chocolate poderia desagradar o paladar dos consumidores.

O produto já existe, e com patente requerida  no Instituto Nacional da Propriedade Industrial, sob o número BR 1020186974.

Até o momento não foram feitos estudos clínicos para comprovar os efeitos fitoterápicos do chocolate. Porém, como produto alimentício o produto passou fácil pelo crivo de 120 mulheres.

As voluntárias avaliaram aspectos como sabor, aparência, textura e aroma e não reclamaram de nada, muito pelo contrário.

O interessante é que o chocolate foi combinado com um fruto cujo uso popular já soma mais de 2.000 anos.

Trabalhos científicos atuais, já comprovaram a eficiência do fruto maduro e seco do Vitex, no tratamento dos sintomas da TPM, síndrome que acomete 80% das mulheres em idade reprodutiva.

Para se ter ideia, atualmente, nos Estados Unidos e em países da Europa, o extrato vem sendo comercializado em forma de tintura ou cápsulas.

Vale lembrar que o fruto também tem boa inserção na área gastronômica por apresentar aroma e sabor parecido ao da pimenta-do-reino.

Para conhecer detalhes dessa pesquisa recomendamos o acesso ao site Chocolate incorpora fruto usado popularmente para amenizar TPM , no Jornal da USP.


Entenda o processo



Comentários

Essas valem a pena #TOPTUDO

Pedreira de Laranjal Paulista: área antes degradada agora é uma das maravilhas da região

Acidente aéreo de 1938 em Laranjal Paulista deixou São Paulo em luto

Palestra abordará os mistérios das Três Pedras e do Frei Fidélis em Botucatu