Mulheres indígenas chegam na reta final da caminhada de 2.000 km pela Argentina

Mulheres indígenas chegam na reta final da caminhada de 2.000 km pela Argentina, isso é importante pois grupos de mulheres indígenas do país empreendem uma caminhada desde o dia 14 de março em direção à cidade de Buenos Aires. Elas chegarão no dia 22 de maio na capital federal, dia da plurinacionalidade dos territórios. Para o bloco sul, a caminhada total será de cerca de 1.900km, e, para o bloco norte, 1.200km, segundo estimativas recentes das ativistas. Também partiram grupos do leste e oeste do país, reunindo mulheres de diferentes nações indígenas. "Caminhamos para propor que o terricídio seja considerado um crime de lesa humanidade e lesa natureza", afirmam, em comunicado. "Sabemos que não é o melhor momento para sair dos territórios. No entanto, se ficamos em casa, continuam nos matando." O conceito de terricídio foi criado pelo movimento de mulheres indígenas para englobar as diversas formas de assassinato das formas de vida. Trata-se de feminicídio, ecocídio

Ciclistas de Botucatu se preparam para a "Volta dos 7 bairro"



O ciclista Waldemar Aplausos está organizando o pedal entre amigos “Volta dos 7 Bairros", que acontecerá no dia 4 de agosto com apoio da Prefeitura Municipal de Botucatu.

O evento será desenvolvido em 3 modalidades: Pedal Leve- 16 km; Médio - 25 km e pesado 47 km.

O organizador adianta que não se trata de uma prova competitiva, mas sim uma atividade com saída prevista para as 9 horas do Jardim Califórnia, em Rubião Júnior.

O ciclistas passarão pelos bairros e distritos de Rubião Júnior, Pratinha, Guarantã, Faxinal, Igualdade, Sta. Maria de Araqua e Toledo.

A Claus Sports é patrocinadora oficial do evento.

O investimento para a atividade é de R$ 55, inclusos café da manhã e almoço.

Mais informações e apoio pelo WhatsApp: (14) 99135-7174

Comentários