Mulheres indígenas chegam na reta final da caminhada de 2.000 km pela Argentina

Mulheres indígenas chegam na reta final da caminhada de 2.000 km pela Argentina, isso é importante pois grupos de mulheres indígenas do país empreendem uma caminhada desde o dia 14 de março em direção à cidade de Buenos Aires. Elas chegarão no dia 22 de maio na capital federal, dia da plurinacionalidade dos territórios. Para o bloco sul, a caminhada total será de cerca de 1.900km, e, para o bloco norte, 1.200km, segundo estimativas recentes das ativistas. Também partiram grupos do leste e oeste do país, reunindo mulheres de diferentes nações indígenas. "Caminhamos para propor que o terricídio seja considerado um crime de lesa humanidade e lesa natureza", afirmam, em comunicado. "Sabemos que não é o melhor momento para sair dos territórios. No entanto, se ficamos em casa, continuam nos matando." O conceito de terricídio foi criado pelo movimento de mulheres indígenas para englobar as diversas formas de assassinato das formas de vida. Trata-se de feminicídio, ecocídio

Botucatu recebe a palestra “Conexões Fotográficas” com Natália Tonda



Um breve panorama da fotografia moderna brasileira à contemporânea, essa explanação faz parte da palestra Conexões Fotográficas, com Natália Tonda. O evento acontece no sábado, 25 de maio, no Espaço Cultural Antônio Gabriel Marão, das 18h30 às 21h30. A entrada é franca.

No evento a fotógrafa Natália Tonda mostra a fotografia expandida no campo das artes plásticas e provoca uma reflexão a respeito da imagem além do campo comercial, voltada para análise e discussão de ensaios fotográficos, questões técnicas e estéticas.

Segundo ela o objetivo é apresentar artistas e trabalhos, que possibilitam a compreensão da trajetória da fotografia brasileira e estabelecer suas conexões no campo das artes plásticas

A Palestra faz parte cronograma do Pontos MIS, um programa de formação e difusão cultural com atuação em todo Estado de São Paulo. Com filmes, oficinas práticas e palestras, em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura.

A palestra “Conexões Fotográficas”, com Natália Tonda, disponibiliza 35 vagas para maiores de 16 anos.

Natália Tonda ministra palestras e oficinas de fotografia analógica e digital



Natália Tonda é fotógrafa de formação, realiza oficinas de fotografia analógica e digital. Atua como oficineira no projeto Pontos MIS, do Museu da Imagem e do Som, em São Paulo.

Trabalhou como fotografa da 29ª Bienal de Artes de São Paulo, trabalhou com produção cultural na exposição “Em nome dos Artistas” – Bienal de São Paulo, e na Ação Educativa do Instituto Tomie Ohtake.
Atualmente ministra oficinas e cursos de fotografia básica, além de atuar como freelancer e assessora em projetos fotográficos

Informações e inscrições


Local: Rua General Teles, 1738 (Espaço Cultural)
Fone: 3811 1470/3811 1471
Secretaria de Cultura de Botucatu
E-mail: cultura@botucatu.sp.gov.br

Comentários