Mulheres indígenas chegam na reta final da caminhada de 2.000 km pela Argentina

Mulheres indígenas chegam na reta final da caminhada de 2.000 km pela Argentina, isso é importante pois grupos de mulheres indígenas do país empreendem uma caminhada desde o dia 14 de março em direção à cidade de Buenos Aires. Elas chegarão no dia 22 de maio na capital federal, dia da plurinacionalidade dos territórios. Para o bloco sul, a caminhada total será de cerca de 1.900km, e, para o bloco norte, 1.200km, segundo estimativas recentes das ativistas. Também partiram grupos do leste e oeste do país, reunindo mulheres de diferentes nações indígenas. "Caminhamos para propor que o terricídio seja considerado um crime de lesa humanidade e lesa natureza", afirmam, em comunicado. "Sabemos que não é o melhor momento para sair dos territórios. No entanto, se ficamos em casa, continuam nos matando." O conceito de terricídio foi criado pelo movimento de mulheres indígenas para englobar as diversas formas de assassinato das formas de vida. Trata-se de feminicídio, ecocídio

As grandes marcas e seus carros antigos personalizados



As grandes empresas evoluem e com o passar dos anos, o legado deixado nas alterações de layout, estrutura e conceito, em alguns casos, são imperceptíveis. Porém, quando encontramos imagens do passado percebemos que as alterações não são tão sutis assim.

Certamente não tem nada melhor para perceber a evolução das empresas do que observando seus carros de entrega e de trabalho. É nesse momento que percebemos realmente a evolução vinda através do tempo.

Vamos conferir como eram esses veículos no passado? Mas, Atenção, boa parte das imagens foram retiradas em pesquisas na internet e nem ao menos sabemos a marca do veículo, data ou informações extras. Se souber algo comenta.

Outra coisa que não podemos deixar de citar é quem nem todas as empresas conseguiram se manter aberta. Então, nesses casos, temos apenas o carro mesmo e muita curiosidade sobre a história dessas marcas que marcaram época e conquistaram o coração da população.

Confira as fotos abaixo e mate a curiosidade, ou sinta saudades de uma época que não volta mais em nossa galeria de fotos.






















Texto Renato Fernandes -  In-loco produção de conteúdo


Comentários